domingo, 4 de abril de 2010

Ultima marcha do meu sentimento!


Quando eu fechar os meus olhos e a ultima marcha tocar, tenha certeza que meu coração apenas parou por hoje e que em todos os outros tempos eu voltarei como flor que floresce na sua presença, e morre com sua grande ausência, serei folha que cai no seu cabelo em uma tarde bela de outono, ou até despencarei nas tarde de primavera e de verão, porque quero apenas que você me sinta, e logo me ame, e logo perceba que eu nunca te deixei e nunca poderei te deixar.

Ah... eu serei a brisa do mar que te acaricia de forma tão sutil, serei objetos e animais, poderei ser até o sol das tardes de domingo e as chuvas finas das manhãs de sábado, serei o teu luar com estrelas, seu céu azul sem nuvens, sua própria constelação, poderei ser a grama do teu chão, serei teu guia invisível, aquele que está sempre pronto para segurar a sua mão, posso ser seu alimento indispensável, a água da sua sede, serei infinitas coisas, apenas para estar com você,apenas para ser seu, serei seu amor prometido, seu desejo corrompido, serei tua eterna flor, serei a simplicidade do teu amor.

Ariane Castro

P.S: Minha vida está tão louca que não consigo parar e escrever, não consigo comentar nada, só que sempre lembro daqui e de todos que ainda vistam o meu blog, quero pedir novamente desculpa por não entrar, só que agora só posso fazer isso, porém vou tentar ao menos postar aqui, mais vezes, beijos para todos, e espero que apreciem a leitura.

4 comentários:

Yasmin F. disse...

Lindo seu texto!!
Realmente além da vida!!

=*

Erica Ferro disse...

Ah, que doçura, que lindo!

Beijo.

Aleera Nilrem disse...

Seus textos se superam a cada postagem nova,parabens bb

Daniela disse...

muito lindo, amei, ta de parabens pelo blogo E pelo texto.

Parabens, Ari.