terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Dor e o medo! ( O meu caminho...o seu, o nosso ou sei lá )


Toque as nuvens com os dedos cheios de esperanças, e não deixe de procurar a paz,
Mesmo que a morte e o medo esteja em todos os lugares, e você pode senti-los, apenas você pode senti-los
Entre em contato com o mundo, talvez o seu mundo, aquele que ninguém pode ver, a não ser você mesmo
Ande por ruas escuras, que você ainda não conhece, e sinta o prazer no medo, e sinta a dor na descoberta
Mude a sua direção quando tiver vontade, quando já não tive medo
Vai e não volte, apenas siga em frente
O tempo é tudo que você tem, e você sabe que cada palavra é apenas mais uma lágrima
E você sabe que cada passo, é apenas mais uma parte cortada
A dor faz parte de tudo que está em você
E você sente o gosto de sangue, e você pode ver o vermelho
Entre os degraus que te levam para cima e para baixo
E a estrada é o que você deve seguir e ela está na sua frente
Não tenha medo da dor
Ela faz parte de tudo, para você entender o que é viver.

Ariane Castro

P.S: A música que eu estava ouvindo no outro post Couer De Pirate, e a música era Comme des enfants, eu não lembro da letra, então ela nada deve nenhuma referência ao que eu escrevi, eu apenas adoro criar com música.

O Post de hoje, eu fiz ouvindo Evanescence.
Roubei a imagem de algum lugar que não me lembro

Eu postei no outro blog:

http://contosdellabelle.blogspot.com/

7 comentários:

Ruany disse...

Bom,como tudo que você escreve!

Juliana. disse...

Seguir em frente sempre!
Ótimo texto!!

Erica Ferro disse...

Gostei!

Feliz 2010, Ariane!

Obrigada por ter permitido a mim ler suas poesias.

Beijo.

PR" disse...

Está lindo! Simplesmente espectacular! :D
Bom 2010 :)
Obrigada :$

Yasmin F. disse...

Amo evanescence!! E sobre os caminhos, muitas vez eu tb traço o mais difícil!! Mas nada como merecê-lo não?!

Adorei sua visita no meu blog, seja sempre bem-vinda!!

Bjoo

Wagner Lopes disse...

gostei dos seus dois blogs! =)

Jana Barreto disse...

Nossa, tu que escreveu? ficou tão lindo (*__*) Adoro esses textos que usam bastante metáforas, dá um efeito mágico tão bonito...
Lindo dlindo. querida, obrigada pela sua visita. Não sei como termina a história, foi ali que parou. rs