segunda-feira, 6 de julho de 2009

Uma estrada


"A dor era evidente
Incrustada em minha expressão
Eu não gritava, eu não chorava
Apenas esperava por redenção."


Do alto do morro, eu vi uma estrada, era pequena e estreita, era de barro, com flores e grama do lado, algumas árvores altas marcado os lados do caminho, e do final da estrada mesmo de longe eu podia ver o sol que queria se esconder, parecendo correr de mim.

Sentei no chão frio, esperando que a coragem brotasse e eu pudesse novamente andar, minhas pernas não se movimentavam direito, parecendo quebradas, rejeitadas pelo corpo, gritando para que eu não reagisse.

O tempo passou eu não contei os segundos, horas, ou minutos, só sei que o tempo pareceu grande para que me sentisse forte novamente, só andei quando a dor passou e as feridas do destino se cicatrizaram, eu ainda tinha receio e eu me certificava que agora estava tudo bem comigo e que eu agora podia prosseguir.

Caminhei devagar como se testasse um novo corpo, levantei a cabeça e encarei minha vida, cansada de ficar parada e cansada de esperar por coisas que não sabem como chegar no óbvio.

Caminhei pela estrada estreita, de flores do lado com o sol partido, e árvores com frutos dourados que só que quando cheguei perto percebi, olhando somente para frente, vendo os meus cabelos enrolados, subirem com o vento, em um dia iluminado e eu estava seguindo totalmente contente.

Ariane Castro

{ Eu estou melhor \o/ ( apesar que eu tive reação alérgica ao remédio para dor ¬¬), tomando todo o remédio de dor possível, e estou bem.
Fiz o texto como sempre vindo de um lugar que eu já não sei de onde, porém acredito que não ficou de todo mal, obrigada aos meus 23 seguidores o/...e beijos }


13 comentários:

Lye disse...

Oi menina! Obrigada pela visitinha no meu blog, o seu tbm é muito fofo. ^^ beijos.

Energia Simpatica. disse...

Adorei teu Blog msm.
Ah é muito Obrigado por comentar e visitar o meu ;).

Te seguindo agora ^^

bjs

~*rafasonehara disse...

Euu amooooo seus textos!!
amoo vim no seu blog e ler eles..
melhoras..
Beijooos
:*

Bella! disse...

Você nem escreve bem, né? Quero eu, quando maior, escrever tanto, ou pelo menos só um pouquinho, do que você escreve. Melhoras :D

Poeta de um mundo caduco... disse...

Que lindoooo...
Amei...
Bjinhosssss...
;*

Energia Simpatica. disse...

Nossa a história é mt mt
grande msm,quem sabe um dia vira post.
bjs

Deni Maciel disse...

vai melhorar mais..
carma carma...

ótimo texto..
sensacional...
o blog como sempre.
ótima semana!...
eo
www.bocadekabide.blogspot.com
tá atualizadim
passe lá quando puderes =]

Cadinho RoCo disse...

Em cadas estrada um mundo de acessos ao nosso dispor.
Cadinho RoCo

Lye disse...

Oooii, tem um selinho esperando por vc! ^^

Flavih Jones disse...

Adorei o post.
20 e tantos seguidores agora.
=D

Beijos.

meus instantes e momentos disse...

muito bom o texto, muito bom.
Maurizio

jadeamorim.com disse...

As vezes é bom esperar a dor passar para prosseguir, caso contrário podemos cometer muitas besteiras! Falo por experiencia própria viu?! =S



Beeeijos!

Marcus Malta disse...

Estou adorando lêr todos os seus textos,você escreve muito bem.
Beijos