sexta-feira, 12 de junho de 2009

Achando um amor!


Quando eu nasci eu já sabia
Que eu estava nascendo para você
E que meu primeiro choro foi porque eu não sabia onde te Encontrar
Cresci sabendo que em algum lugar você estava me esperando
E que um dia eu iria te encontrar
Tudo que me acontecia não me interessava
Porque eu apenas estava buscando você
E a cada passo, e a cada virada do destino
Eu sentia você estava ficando mais perto
E eu gritava no silêncio: "eu fui feita para você"
Cada hora, mês e minuto, era apenas o tempo inútil
Nada valia a pena sem você
Você era o que me mantinha respirando

Quando eu te encontrei eu estava cega
Eu não te via
Eu apenas te sentia
E te ouvia
E a cada palavra sua eu ainda não te compreendia
Era o sentimento que eu esperava ?
Ou já era amor e eu não sabia ?
Meu coração batia mais forte
E eu ainda tinha duvidas se era você
Demorei a compreender o que me aconteceu
Você apareceu do nada
Do lugar que não podia
Eu queria fugir de tal sentimento
Só que eu não posso arrancar o que estar por dentro

Então eu me entreguei de corpo e alma para você
Esperando que um dia você realmente possa esquecer tudo o que passou
E que juntos podemos ser o que somos
Um amor completando o outro.


Ariane Castro

FELIZ DIA DOS NAMORADOS!

( O vento toca, as coisas passam, eu sei que te amo e isso é um fato )
{ Compreende aquilo que pode sentir? ...Ou esta se escondendo através do tempo?...Esqueça tudo viva a nossa vida }



P.S: Escrevi essa loucura aee, só que to sem criatividade.

Só isso que queria dizer

10 comentários:

~*rafasonehara disse...

dia dos namorados
pra mim é a maior tortura ;~
to solteiraaaaaaaaaaaa
iuashuiahsiuahs
mais eu ameiii o texto *--*
eu vivo fugindo desse sentimento
tenho medo ;x
Bjos
:*

Stephanie Pereira disse...

É tortura pra mim tbm.. mais teu texto ta encantador. Espero que eu tbm tenha sido feito para alguem... =)

cleber reis disse...

gostei d+ do seu blog, e aqui vai o reconhecimento, afinal, eu sei quanato vale o comentário de um estranho uahauhsaush, bjs bjs, vou te seguir!!

Tamires B. disse...

Aii que lindo!!!!! *--------*
Amei o texto! Demais!
Até copiei ele pra passar pro meu (quando eu arranjar um ¬¬)
UHUEAHAEUHEUAEHAUEH

Beijoss

Joyci Dias disse...

Own... dia dos namorados e eu solteira, que magavilha! *-*

Amooor! Curte bastante a parada Gay por miiiim *-*


Amo.

meus instantes e momentos disse...

ótimo post, muito bom o blog. Gostei daqui.]
Maurizio

deliriosdeumamenteconfusa disse...

As vezes fugimos desse sentimento,mas por mais que se fuga ele não sai,ate parece que ele aumenta mais e mais.

lindo teu blog
bjo

Anita disse...

Resposta do comentário: Achei interessante o seu ponto de vista. Sabia que nem todos os meus textos são dirigidos a mesma pessoa? Alguns se referem a algo que nem sequer chegou a começar. E eu sofri, sim, por isso. E sofri pelo que terminou. E agora estou sofrendo pelo meio termo. O silêncio irritante, o espaço vazio. Porém sem o ponto final. E, não, nunca vou saber se foi melhor assim porque eu não fiz o que tinha que fazer pra corrigir o meu erro. Ariane, o texto não fala de amor não-correspondido, fala da minha luta interna, da briga que eu tenho com o meu orgulho pra poder salvar as coisas que amo. E o orgulho sempre vence.
E outra coisa: eu realmente não esqueço, realmente. Se você soubesse das minhas memórias, dos meus pensamentos veria que eu não esqueço. Lembro das coisas, elas só param de me afetar.
Quanto a repetição, eu vou tentar melhorar. Nisso eu realmente concordo com você. Sempre os mesmos modelos, comparações e tal. Só não sei escrever de outro jeito. Na verdade, eu sei, mas se for pra vir aqui e postar uma mentira, então prefiro não postar mais. Cansei delas.

(Postei aqui porque você não veria lá, hehe. Beijos.)

O Profeta disse...

Um areal morno acolheu
Teus passos ávidos da chegada
Caminhas na procura das marcas
De uma espera desencontrada

Calmaria!
A bonança reivindicou o Sol no celeste
Uniram-se os pedaços de rasgada vela
Tua alma retomou o sonho adiante


Boa semana


Mágico beijo

Gabriela Castro disse...

Eu também acho que já nasci amando! Muito lindo!